Siga-nos no linkedin

QUANDO E COMO PEDIR AUMENTO DO PRO-LABORE DO SÍNDICO-MORADOR



Ser síndico não é uma tarefa simples. Fazer a gestão de um condomínio já deixou de ser há muito tempo tarefa de algum morador que não tinha o que fazer ou atividade exercida pelas pessoas que passavam pelo velho e bom revezamento. 

Atualmente muitos moradores de condomínios já vem optando pela administração profissional: contratando o chamado síndico profissional, bem como, as  construtoras a cada entrega de empreendimento indicam a contratação de um síndico profissional.

 Mas, em muitos condomínios a função é ainda exercida por um morador, alguns tem a isenção da taxa de condomínio e outros, uma remuneração em forma de pró-labore.

Quando o síndico é morador do condomínio normalmente o processo de solicitar um aumento no valor da remuneração é bastante complexa, bem mais do que no exercício da função do síndico profissional. A remuneração muitas vezes já vem definida, mas a cada nova eleição é possível uma tentativa de um reajuste.

Muitos fatores estão envolvidos no reconhecimento e na valorização da atividade do síndico-morador. Para Paula C. R. Oliveira , síndica profissional e síndica do prédio em que reside onde há 13 apartamentos a dificuldade em obter aumento de pró-labore para ela tem base no fato dos condôminos não valorizarem a função. "Vejo que isso ocorre principalmente quando tudo funciona em perfeita ordem. Contudo, uma boa dica para conseguir aprovação do aumento em Assembleia é demonstrar todos os benefícios alcançados, bem como, a vantagem de ser morador e poder acompanhar de perto a rotina do Edifício. Outra dica, é mencionar os cursos e as preparações que você como síndico realizou para estar melhor preparado no exercício da prática do síndico.", indica.

Fabiano Barros é aluno do curso avançado PREMIUM Formação Específica para Síndicos Profissionais Brbrasis e atua como síndico morador, também num condomínio de 88 apartamentos em Curitiba "Quando me coloquei a disposição como Síndico morador expliquei a responsabilidade que estava assumindo e como teria que me dispor em relação ao condomínio solicitei no primeiro mandato R$ 850.00 e quando entrei no terceiro mandato pedi um aumento de 20% ,expondo que tudo tinha aumentado e que como Síndico tendo que carrega toda responsabilidade era justo reajusta meus ganhos também", conta.

A exemplo do que ocorre nas empresas pedir reajuste não é uma tarefa que deve ser realizada sem um planejamento estratégico aprofundado, pois se isso ocorrer a certeza de receber um "não" é muito grande. O  síndico morador deve ficar atento para algumas dicas passadas pelo Clube Síndico Profissional, além das dicas dos síndicos consultados para esta matéria:

1- Passe a registrar periodicamente todas as atividades realizadas no condomínio em formato de relatório. Quanto mais detalhado melhor;
2- Deixe este relatório disponível para os conselheiros e moradores;
3- Realize ações sempre com a maior qualidade técnica possível. Divulgue essas ações no formato que melhor for possível: se houver aplicativo no condomínio utilize-o, ou e-mail, ou jornal edital;
4- Desenvolva projetos especiais diferenciados para melhoria do ambiente no condomínio (ações sociais/doação de agasalhos/preocupe-se com a responsabilidade social e ambiental);
5- Tenha um bom relacionamento com os moradores, seja Cortez, saiba ouvir, preste as informações de forma clara, objetiva;
6- Busque sempre trabalhar com foco a prevenção, antecipe-se a situações de problemas. Divulgue em seu condomínio sempre que possível informações focadas nos direitos e deveres dos condomínios. Relembre-os de situações relevantes.
7 - Saiba escolher com eficiência os fornecedores que irão trabalhar no condomínio. Negocie preço, exija qualidade avançada. Exponha aos moradores seus critérios técnicos de escolha de bons profissionais;
8 - Desenvolva um programa prático de redução de custo com sustentabilidade.
9 - Participe de cursos para formação de síndicos;
10- Participe sempre de grupos de síndicos em redes sociais/Participe de palestra faça network.


Notícias mais visitadas