Siga-nos no linkedin

SÍNDICO PROFISSIONAL OS DESAFIO DO INICIO DE UMA PROFISSÃO EM PLENO CRESCIMENTO


Sindica Tatiana Ramos de São Paulo debate os processos iniciais da atividade em condomínios

Não há dúvidas que a  atividade de síndico profissional está em pleno crescimento no Brasil. São diversos treinamentos, eventos, palestras que vem fortalecer a função de sindico. Cada vez mais o mercado recebe síndicos profissionais mais preparados. Mas, os desafios das primeiras captações de clientes são imensos. Pois, ainda falta bastante visibilidade para a importância desta profissão. O Jornal Síndicos no Brasil convidou diversos síndicos profissionais para debater esses desafios.

Tatiana Ramos trabalha na área de administração de condomínios há 3 anos. E foi trabalhando numa administradora de condomínios que ela observou a oportunidade desta carreira  e de seu processo de crescimento constante. Atualmente ela presta consultoria para síndicos moradores que é uma das atividades bastante procuradas.

Para a profissional,  o mercado apesar de estar aberto com grandes oportunidades não é tão simples "Captar o primeiro condomínio como síndico profissional é uma tarefa complexa, pois a concorrência é grande. Acredito que para ter um resultado efetivo é importante pensar em parceiros que tenham qualidade em seu processo de trabalho avançado e que ofereça também diferenciais. O networking é fundamental em nosso meio", afirma.

Desafios da pouca idade
Este mercado de trabalho também vai na  maré contrária das demais profissionais é muito mais valorizado pessoas com mais idade e Tatiana observa que no caso dela em particular isso é mais um desafio, por ser bastante jovem.
Ao ser questionada sobre como ela vê um síndico profissional de excelência. Tatiana detalha que é em sua opinião é necessário o profissionalismo e dedicação "O trabalho do sindico profissional é diferente, estamos numa "empresa", mas estamos na casa, no lar das famílias. Temos que saber aplicar bem o profissionalismo neste caso, o síndico que sabe trabalhar isso terá excelência, com certeza", destaca.

Síndico Profissional x Administradora de Condomínios
Muitos síndicos profissionais ao iniciar suas carreiras se deparam com pedidos de condôminos que exerçam as duas atividades de sindico e de administração. Isso ocorre muitas vezes pela falta de informação do que faz o síndico profissional. Esses síndicos acabam adquirindo softwares e fazendo os dois trabalhos, ação esta que impede seu crescimento.

 Para Tatiana é importante haver a parceria com administradoras de condomínios, ela vê este processo bastante produtivo e favorável aos condomínios para garantir qualidade de serviço "Creio que é muito  importante sim, pois  administradora  tem um papel fundamental na vida do condomínio ela que mostra os caminhos e diretrizes dos condomínios e na maioria das vezes e administradora  é quem apresenta o sindico, entre outros serviços, como por exemplo  do reparado de bomba compressora, um marceneiro. A parceria tem ser transparente e honesta, e trabalhando em equipe para que os resultados sejam positivos e atingidos', diz.

Mas, não é fácil escolher um síndico profissional. São muitos profissionais no mercado e muitas vezes os condôminos não sabem bem os critérios para esta seleção. Tatiane dá algumas dicas para este processo . Para ela , o sindico profissional precisa apresentar resultados rápidos, ser assertivo. Deve haver um conselho, corpo diretivo e comissões atuantes e acompanhando este trabalho e esses devem observar se o sindico profissional está disponível, se dá retorno rápido aos moradores "Os problemas dos moradores precisam ser resolvidos de forma rápida, o síndico profissional precisa ter planejamento e atender de forma coerente as necessidades. Cada condomínio tem sua característica e isso precisa ser respeitado", afirma.


Questionada sobre seus diferenciais de trabalho Tatiana afirma que busca trabalhar com alta qualidade e ter uma gestão eficaz que deixe seus clientes sempre bem satisfeitos. 

Tatiana Ramos é Sindica Profissional em São Paulo. 

Fale com a redação:
comunicacaobrbrasis@gmail.com

Notícias mais visitadas