Siga-nos no linkedin

QUANDO O CONCORRENTE TE ENCANTA


No início de janeiro o jornal EXTRA publicou uma matéria em que comentava sobre o aniversário do heptacampeão Michael Schumacher e destacava que há 3 anos ocorreu o acidente que o tirou das pistas.
Minha referência a ele hoje se dá pelo teor da matéria em que Fernando Alonso, concorrente das pistas de Shummi, o elogia por sua performance.
Isso mesmo o concorrente elogiando o ex-piloto que disputava com ele nas pistas.
"De todos os pilotos que já enfrentei, Michael foi, sem dúvida, o mais talentoso. Todo o mundo respeita o Schumacher, ele é uma lenda. Para a minha geração, ele sempre será o homem que dominou a F1. Foi um privilégio para mim ter a oportunidade de competir contra ele e lutar pelo Mundial. Era realmente especial – disse o espanhol ao "Auto Motor und Sport" (trecho do depoimento ao jornal extra de 4/01/2017)
Ele acrescentou:
– Ele nunca se rendia. Aproveitava o máximo cada oportunidade que encontrava e dava o melhor de si mesmo todo o tempo. Lembro muito bem da temporada 2006, quando lutamos pelo título até a última corrida. Mesmo quando você tinha um fim de semana perfeito e conseguia ganhar alguns pontos, ele ainda terminava em terceiro ou quarto. Só Michael podia fazer isso– afirma.
Eu sempre fui uma apaixonada pelo Schumacher. Em 2001 tive oportunidade de vê-lo pessoalmente em São Paulo, junto com um grupo de alemães. Foi sem dúvida o momento inspirador de ver um campeão que não se rendia e não se rende ainda. Nosso orgulho.
E quando o concorrente te encanta?
Mas, enfim, você já parou para analisar com mais detalhes os seus concorrente? Quem são eles? Afinal de contas: o que você pode aprender com seus concorrentes?
Isso mesmo. Já ouviu falar de benchmarketing? Importante você observar e estudar seu mercado com aprofundamento.

Uma empresa de verdadeiro sucesso é aquela que não despreza seus concorrentes. Observa-os e até de vez em quando os admira, os elogia.

E sinceramente não há momento mais pleno para um empresário, quando ele atinge um patamar de respeito por seu adversário e de encantamento. Isso mesmo. Quando você olha o concorrente e pensa (com o perdão da palavra usada) "Mas, é um cretino completo, embora maravilhoso em suas soluções acertadas".

Passa-se ao invés de preocupar-se com a concorrência aceitar o jogo. Jamais atrapalhar de maneira alguma o crescimento da concorrência, mas pelo contrário, lutar com todas as possibilidades para desenvolver algo mais avançado que o concorrente na solução dos problemas do cliente.

Sim, aceitar a briga por sair na frente com as melhores soluções para os problemas do mesmo cliente. Uma briga justa, clara, limpa e quem sai vencedor são 3 lados: os dois concorrentes cada vez mais na vanguarda na inovação, na criatividade, na comemoração de suas vitórias (até mesmo juntos por que não? ) e o cliente ganhando opção e solução cada vez mais.


Pensar em CONCORRENTE, em estudo de concorrência é pensar em MARKETING. Deixe o desenvolvimento das suas estratégias de marketing com a BRBRASIS - Agência especializada em comunicação avançada e desenvolvimento de marcas pessoais e de empresas. Solicite um orçamento . Deixe a DIVULGAÇÃO DA SUA EMPRESA em nossas mãos. comunicacaobrbrasis@gmail.com

* Eli Antonelli, jornalista - headhunter, Especialista em RH - Gestão de Pessoas - Marketing Pessoal Digital - Diretora da Brbrasis - Agência de Comunicação e Marketing Avançado.

Notícias mais visitadas